Praça Siqueira Campos Cacimba da Santa Cruz

Serviu de fonte abastecedora de água potável para consumo dos tropeiros e viajantes que ali acampavam e para toda a população da Vila de Lages. Tropeiros e viajantes foram incentivados pelo fundador, que fizessem parada e pousada na colina, pois foi argumentado que o local oferecia uma ótima visão da região, pastagem e principalmente água pura e cristalina para o consumo e o privilégio de estarem próximos à Vila. Além da Cacimba, Lages dispunha das águas do Rio Carahá, seus afluentes e finalmente o Rio Caveiras. Com a canalização de água nas residências, a cacimba foi desativada em 1968, e com o decorrer do tempo ficou soterrada, mas em 1973 foi desaterrada e em 1976 restaurada. Hoje é um dos Monumentos Histórico e Cultural de Lages. 
Localizada na rua Carlos Jofre do Amaral em frente ao SCC.

 

Igreja do Navio

A primeira missa foi na sombra da vegetação existente no terreno, assim nasceu a Igreja do Navio em 1957. O formato do navio se deve a homenagem a Nossa Senhora Apar... Leia mais

Igreja do Navioclose Veja o mapa
Museu Malinverni Filho

Guarda obras do nacionalmente conhecido pintor, que melhor resgatou a beleza dos campos da região serrana, no interior está exposto alguns dos valiosos quadros de Ma... Leia mais

Museu Malinverni Filhoclose Veja o mapa
Teatro Municipal Marajoara

Prédio em estilo art déco, com linhas gerais simples e detalhes rebuscados inspirados na arte indígena. Inaugurado em 1947 como um cinema. Sua capacidade para 520 p... Leia mais

Teatro Municipal Marajoaraclose Veja o mapa